Publicado em Deixe um comentário

O girassol, multifuncional, é uma flor comestível.Sim!!

Girassol (Helianthus annus). Quando falamos em girassol automaticamente associamos à flor que gira em direção ao sol. Mas isso foi comprovado por um botânico já em 1880 que o Girassol só acompanha o sol quando pequeno. Isso porque o lado que recebe menos luz cresce mais e isso faz com que o caule incline. Quando adulto se posiciona com mais frequência do lado esquerdo.

Costumo dizer que O Girassol tem multifunção.

Ele é responsável pela maior produção de óleo vegetal  do mundo, que é usado na culinária e em cosméticos, inclusive nos hidratantes labiais da Linha Lipx, por ser rico em Vit E. Esse óleo é extraído das suas sementes que na verdade são os frutos das flores que ficam em seu miolo. Nossa Deborah, que confuso? Explico, o Girassol é uma inflorescência. As “pétalas” amarelas na verdade não são pétalas, são lígulas que protegem toda a inflorescência da flor. No miolo é onde encontramos as centenas de flores que compõem a planta. E cada florzinha dessa gera seu frutinho que é a semente de girassol, muito usada hoje como base na alimentação #plantbased.

O girassol também tem 2 funções agrícolas interessantes e importantes para a Sustentabilidade. Primeiro que ele é plantado como adubo verde em produções orgânicas. Ele faz parte do mix de sementes utilizado para trabalhar o solo antes do plantio de determinada olerícula. Ele tem a capacidade de retirar o silício da terra, o que ajuda muito em uma produção sem químicos. Outra função numa produção Orgânica é a de Quebra-Vento , ele consegue proteger a plantação  “diminuindo” a ação do vento, evitando que as plantas sejam arrancadas ou quebradas, além de fazer uma barreira natural contra insetos e bichinhos indesejados. Como? Esses insetos e pragas “param” nele antes de chegar nos produtos plantados. Se chegar perto de uma produção orgânica e se aproximar dos girassóis verá quantos bichinhos e polinizadores ficam nele. É até um pouco aflitivo. Parece que ele está sendo devorado! E  Na verdade está!

E mais uma função que é ainda pouquíssimo falada. O girassol é uma flor comestível. Sim!! Podemos comer suas lígulas branqueadas misturadas em saladas, arroz, risotos. O seu botão floral (antes da flor abrir) também pode ser cozido e servido como aspargo. O Girassol está dentro das 85% de espécies de flores comestíveis do mundo, se produzido de forma orgânica!

Uma flor tão linda, chamativa mas que tem um ciclo de vida rápido. Brota, floresce, gera seus frutos e sua beleza se vai muito rápido.

Que tal começar a plantar girassóis no quintal de casa, dentro do apartamento num cantinho ensolarado e degustar cada parte dele que é de comer. Tenho certeza que será uma experiência inusitada e até divertida se as crianças participarem.

E aí, Vamos Comer girassóis!?

Beijos Floridos

Deborah Gaiotto

@deborahnafazenda

 

Publicado em Deixe um comentário

Porque os lábios ficam ressecados?

Os lábios são uma zona de transição entre a pele facial e a mucosa bucal.

Possuem uma epiderme com camada de queratina, mais fina que a da face, o que permite mostrar a derme vascularizada, responsável por sua coloração avermelhada.

Não possuem glândulas sebáceas e sudoríparas, características que confere baixa proteção à perda de água.

É uma região que merece cuidados especiais uma vez que a pele esta mais exposta ás influencias do ambiente como sol, ventos, frio e umidade. Estas condições levam a desidratação e em resposta os lábios ficam ásperos e secos, lesionando-se facilmente e podem formar crostas.

O problema labial mais comum são as fissuras ou rachaduras da fina camada de queratina e geralmente suas causas são: desidratação, passar saliva nos lábios, exposição aos raios UV.

A desidratação é mais comum em ambientes secos, mas também ocorre em clima frio, devido aos aquecedores. É bem recorrente em pessoas que respiram pela boca (devido a várias razões), ingerem pouca água ou sofrem excessiva perda de água no corpo.

Outra causa comum da desidratação é passar frequentemente a saliva nos lábios, removendo a camada natural de proteção, resultando em ressecamento e rachaduras na superfície dos lábios.

A exposição aos raios UV é outra causa das rachaduras labiais. Os raios UV danificam a pele e esta pode queimar e descamar como a pele das outras regiões do corpo. A descamação continua ate que todas as células que foram danificadas sejam substituídas pelas novas. Uma vez que a pele dos lábios foi danificada, não importa por qual razão, a flexibilidade dos lábios diminui por causa da perda da umidade natural e isso faz com que os lábios rachem mais, porque a pele perde a flexibilidade.

Entendendo melhor tudo isso, desenvolvemos produtos específicos de cuidado LABIAL, a Linha LIPX.

Desde a seleção criteriosa das matérias primas vegetais, o cuidado em saber sua origem, modo de extração, seus benefícios, aproveitando o melhor que os ingredientes naturais podem oferecer, até a segurança e eficácia do produtos final, os lipbutters  são testados dermatologicamente e não são testados em animais.

Para serem usados em conjunto ou separadamente, melhorando rapidamente a pele da região e evitando as dores e incômodos dos lábios com rachaduras.

LIPX VEGOJELLY- geleia labial vegana, de berries, com refrescante sabor de menta, natural e não pegajosa.

– LIPX ANTIOX LIPBUTTER_VEGAN – Hidratante diário e nutritivo noturno, vegano.

LIPX SOLAIRE LIPBUTTER_FPS 15/UVA9 – Protetor solar labial com filtro solar físico, mineral,  vegano.

-LIPX POLISH LIPBUTTER_NOITE – Suave esfoliante com beta hidroxiácido e manteigas, com cera de abelha.

Publicado em Deixe um comentário

FEIRA NATURALTECH

NATURALTECH destina-se a promover o mercado de produtos naturais, probióticos e integrais, fitoterápicos e tratamentos complementares. Engloba toda a área de Alimentos Funcionais, Suplementos, Nutrição Esportiva e Estética. É uma oportunidade única de expandir o conceito desse segmento ao mercado profissional e de consumidores em geral, interagir com fabricantes e profissionais do setor; trocar experiências e debater assuntos relacionados ao desenvolvimento do mercado, por meio de seminários e atividades paralelas.
Alimentos funcionais, probióticos e integrais, alimentos vegetarianos, produtos veganos, fitoterápicos, suplementos, linhas diet e light, mel e derivados, cosméticos naturais, óleos essenciais e velas, nutrição esportiva e estética, tratamentos complementares e equipamentos.
A Labot está este ano pela primeira vez participando, e estamos muito felizes com o sucesso no novo local, o Parque Anhembi!
A oportunidade de conhecer de perto nossos distribuidores, fazer novos negócios e conversar com nossos clientes é o que nos motivou a investir na feira.
No sábado, dia 9 das 13:30 as 14:10 participaremos do painel sobre CONSUMO CONSCIENTE NA PRÁTICA.
Ainda dá tempo! venham nos visitar e ver as novidades!
Estamos no ESPAÇO EMPREENDEDOR, na rua 1-B ao lado do Festival da cozinha Vegetariana que está um sucesso e estamos muito felizes em Patrocinar!
Aguardamos todos lá!

Publicado em Deixe um comentário

Cuidado Labial LIPX

É preciso incluir em sua rotina de beleza facial, o cuidado com os lábios. Do mesmo jeito que você trata a área dos olhos.

Para estas áreas tão delicadas, você precisa de ingredientes que além de suavizar, previnem o ressecamento.

Com isso em mente, fizemos a fusão de ingredientes e derivados naturais eficazes, medicina tradicional e ciência moderna, resultando em uma experiência sensorial sublime, com fórmulas nutritivas, antioxidantes que resultam em lábios macios, flexíveis, sedosos e hidratados, com resultados inegáveis, exclusivos da Labot.

Diferente dos hidratantes labiais comuns, que trazem emoliência originadas de ativos químicos, não compatíveis com a pele e com meio-ambiente, como o petrolatos e silicones, as composições da Labot retomam os conhecimentos da medicina milenar tradicional de diversos países e apostam no protagonismo dos ativos botânicos de alta tecnologia. Assim, os e óleos vegetais, como óleos de argan, oliva e semente de girassol,  conhecidos por suas propriedades restauradoras, antioxidantes e hidratantes, são associados a outras manteigas vegetais, como Karité, Illipe e café verde e ingredientes-chave para um resultado eficaz e uma rotina completa de cuidados, com hidratação, esfoliação e nutrição.

 

LINHA COMPLETA:

LipX Solaire FPS 15/UVA 9: Certificado Vegano pela SVB, com FPS 15/UVA9, tem óxido de zinco é o primeiro protetor labial com filtro solar mineral para lábios no Brasil. Tem coloração levemente rosada e matte, que realça a cor natural dos lábios enquanto protege do ressecamento.

LipX Antiox Vegan: Certificado vegano pela SVB, a fórmula é rica em antioxidantes naturais hidratantes e poderosamente restauradores e antioxidantes, como o óleo de girassol, óleo de argan e manteiga de Illipe. Seu aroma suave é proveniente do e o óleo essencial de laranja.

LipX Polish Noite: A combinação de manteiga de karite e beta hidroxiácido forma um esfoliante suave, que remove as células mortas progressivamente durante a noite e entrega lábios lisinhos ao acordar.

Acabamento sequinho, sem deixar os lábios com aspecto pegajoso, e perfeito para incluir em vários momentos da rotina diária de beleza.

Publicado em 3 comentários

Novidade! Lançamos o primeiro Protetor Labial com selo vegano pela SVB!!!

Atendendo a várias solicitações, lançamos o primeiro Protetor Labial com selo vegano pela SVB, LipX Antiox_Vegan Lipbutter.

Elaboramos uma formulação exclusiva, com ingredientes vegetais muito especiais, super antioxidantes, que ajudam a captar os radicais livres que atuam no processo do envelhecimento da pele.

O óleo de girassol o “queridinho” deste lip, junto com a Vitamina E natural, trazem vida aos lábios mais exigentes! A manteiga de illipê, usada tradicionalmente na região de Borneo, incrementa a hidratação e ajuda a restaurar os lábios ressecados.

A alegria vem do óleo essencial de laranja, que alem de tônico, deixa um suave perfume refrescante!

Como em toda linha de lips, não poderíamos deixar de incluir na formulação o óleo de argan, que ajuda a fechar os pequenos “cortinhos”, muito comuns nos lábios.

Este Lipbutter tem toque seco, não oleoso, ele forma uma barreira protetora nos lábios, evitando seu ressecamento, nutrindo e hidratando a pele. Por ser feito com manteigas, na primeira aplicação, deve-se deslizar mais vezes o produto nos lábios, para que as manteigas se fundam na pele.

Este Lipbutter tem o SELO VEGANO, da Sociedade Vegetariana Brasileira e é também dermatologicamente testado.

NOSSOS LIPS NÃO SÃO TESTADOS EM ANIMAIS.
Certifique-se no site:www.pea.org.br.