Publicado em Deixe um comentário

Fotoproteção, dicas e importância do uso do Protetor Solar.

 

A exposição à radiação ultravioleta (UV) tem efeito cumulativo. Ela penetra profundamente na pele, sendo capaz de provocar diversas alterações, como o bronzeamento e o surgimento de pintas, sardas, manchas, rugas e outros problemas. A exposição solar em excesso também pode causar tumores benignos (não cancerosos) ou cancerosos, como o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma. A maioria dos cânceres da pele está relacionada à exposição ao sol, por isso todo cuidado é pouco.

Sobre os protetores solares (fotoprotetores):  também conhecidos como protetores solares ou filtros solares, são produtos capazes de prevenir os efeitos indesejados provocados pela exposição solar, como o envelhecimento precoce e a queimadura solar, além do câncer da pele. O fotoprotetor ideal deve ter amplo espectro, ou seja, ter boa absorção dos raios UVA e UVB e não ser irritante.

Eles podem ser físicos ou inorgânicos e/ou químicos ou orgânicos. Os protetores físicos, menos irritantes, à base de dióxido de titânio e óxido de zinco, como o LIPX SOLAIRE, se depositam na camada mais superficial da pele, refletindo as radiações incidentes. Eles não eram bem aceitos antigamente pelo fato de deixarem a pele com uma tonalidade esbranquiçada, mas isso tem sido minimizado pela coloração de base de alguns produtos, o LIPX SOLAIRE, tem argila. Já os filtros químicos funcionam como uma espécie de “esponja” dos raios ultravioletas, transformando-os em calor, causam mais sensibilização na pele.

Radiação UVA e UVB: um fotoprotetor eficiente deve oferecer boa proteção contra a radiação UVA e UVB. A radiação UVA penetra profundamente na pele, e é a principal responsável pelo fotoenvelhecimento e pelo câncer da pele. Já a radiação UVB é mais intensa entre as 10 e as 16 horas, sendo a principal responsável pelas queimaduras solares e pela vermelhidão na pele.

Como aplicar o fotoprotetor: o produto deve ser aplicado ainda em casa, e reaplicado ao longo do dia a cada 2 horas, se houver muita transpiração ou exposição solar prolongada. Tanto vale para corpo quanto para lábios do caso do LIPX SOLAIRE FPS15/UVA9. É necessário aplicar uma boa quantidade do produto, equivalente a uma colher de chá rasa para o rosto e três colheres de sopa para o corpo, uniformemente, de modo a não deixar nenhuma área desprotegida.

O filtro solar deve ser usado diariamente, mesmo quando o dia estiver frio ou nublado, pois a radiação UV atravessa as nuvens. É importante lembrar que usar apenas filtro solar não basta. É preciso complementar as estratégias de fotoproteção com outros mecanismos, como roupas, chapéus e óculos apropriados. Também é importante consultar um dermatologista regularmente para uma avaliação cuidadosa da pele, com a indicação do produto mais adequado.

Medidas de proteção:

  • Usar chapéus, camisetas, óculos escuros e protetores solares.
  • Cubra as áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas.
  • Evitar a exposição solar e permanecer na sombra entre 10 e 16 horas (horário de verão).
  • Na praia ou na piscina, usar barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material.
  • Usar filtros solares diariamente, e não somente em horários de lazer ou de diversão. Utilizar um produto que proteja contra radiação UVA e UVB.  Reaplicar o produto a cada duas horas ou menos, nas atividades de lazer ao ar livre. Ao utilizar o produto no dia a dia, aplicar uma boa quantidade pela manhã e reaplicar antes de sair para o almoço.
  • Observar regularmente a própria pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas.
  • Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses.
  • Consultar um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.
Publicado em Deixe um comentário

Cosméticos naturais e veganos, entendendo o significado dos selos

Estamos cada vez mais conscientes com relação aos produtos cosméticos que iremos incluir em nossa rotina, com a relação das empresas com as matérias-primas, testes realizados por estas, descartes e uso de materiais mais  sustentáveis.

No Brasil, estima-se que haverá um crescimento entre 5 a 10% do mercado de produtos naturais e orgânicos nos próximos cinco anos. Para se preparar para este crescimento as empresas precisam, padronizar os conceitos envolvidos na definição destes produtos.

Os selos que encontramos nos rótulos das embalagens nos direcionam para a opção desejada e nos oferece a segurança de estar comprando um produto de acordo com nossas exigências.

No Brasil, bem como na maioria dos países, ainda não existe uma regulamentação oficial para produtos cosméticos naturais e orgânicos porque o tema é um tanto novo e sua definição é bastante ampla e tem muitos entendimentos.

Diversas organizações nacionais e internacionais, buscando fazer uma padronização dos conceitos, definem regras emitindo certificações para produtos cosméticos que atendam aos conceitos estabelecidos.

Fizemos um breve resumo das principais Certificadoras para produtos naturais e veganos:

– COSMOS: referencia em vários países, principalmente Europa, este referencial europeu privado, foi desenvolvido juntamente com cinco certificadoras – BDIH, COSMEBIO, ECOCERT, ICAE, SOIL ASSOCIATION – com objetivo de definir requisitos mínimos comuns e definir regras para certificação de cosméticos naturais e orgânicos.

– NATRUE: associação internacional sem fins lucrativos, criada na Europa em 2007, para padronizar o desenvolvimento de cosméticos naturais e orgânicos. Essas regras, assim como na Cosmos, tratam das matérias-primas utilizadas até a fabricação do produto final. Para produtos que são vendidos somente no mercado nacional, geralmente é usado o selo do IBD.

– IBD: estabelece um acordo de reconhecimento mútuo com a NATRUE, para exportação dos produtos. É a maior certificadora da América Latina para produtos orgânicos desde 2014.

– Sociedade Vegetariana Brasileira ( SVB): criado em 2013, o programa de certificação, Selo Vegano, é bastante reconhecido nacionalmente e é atribuído a produtos isentos de ingredientes de origem animal e cuja empresa que o produziu e os fabricantes de seus ingredientes não realizam testes em animais. A maioria dos nossos Lipx tem esse selo.

– PETA: esta ONG fundada em 1980 é reconhecida em diversos países, e tem dois selos que podem ser atribuídos a produtos cosméticos –  SELO CRUELTY FREE  e o APPROVED VEGAN –  importante ficar atento, pois nem todo produto cruelty free é vegano:

Selo Cruelty-free,  garante que os produtos não são testados em animais, nem possuem matérias primas testadas em animais. Mas podem pode conter insumos de origem animal, por exemplo, mel e queratina, desde que sua obtenção não tenha caudado sofrimento ao animal.

Selo Approved Vegan, certifica que, além de não ter sido testado em animais, o produto também não tem matérias-primas de origem animal. Nesse caso o produto e considerado vegano. Este selo equivale ao Selo Vegano da SVB.

Sempre que tiver dúvida se aquele produto que tem o selo no rotulo é mesmo certificado por alguns desses órgãos, a consulta ao site destas certificadoras já ajuda muito, pois normalmente informam quais produtos são certificados por elas.

Publicado em Deixe um comentário

Novidades e Reencontros no Congresso Plant Based e Vegfest

Uma semana de muito aprendizado e conhecimento! Obrigada a todos que nos prestigiaram nos dois eventos mais importantes de alimentação plant based e vegetarianismo!!

O vegetarianismo está em expansão no Brasil. Segundo dados de uma pesquisa IBOPE divulgados pela SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira), em abril deste ano, cresceu em 75% a população vegetariana nas regiões metropolitanas no País. Não à toa, aumenta também o interesse das pessoas por outras frentes que permeiam o vegetarianismo, como a procura por cosméticos e alimentos mais naturais. Diante desse cenário, o Brasil vem sediando cada vez mais encontros, festivais e congressos que abram espaço para diálogos e exposição. É o caso da Conferencia Plant Based, que ocorreu nos dias 09 e 10 de outubro, em São Paulo. O evento antecedeu o maior festival vegetariano da América Latina, o Veg Fest, que acontecee também na capital paulista entre os dias 10 e 14 deste mês.

Idealizado pelas nutricionistas Alessandra Luglio e Paula Gandin, a conferência, fechada para profissionais e estudantes da área da saúde, focou em palestras com nomes-referência no universo da alimentação e do lifestyle plant based, ou seja, no consumo de plantas e alimentos in natura.

Já o VegFest foi aberto ao público e reuniu palestras, estandes de alimentos e cosméticos e várias outras experiências para quem se interessa pelo universo vegetariano. Nessa oitava edição, nós, da Labot, estivemos na Feira Vegana e estreamos na Conferencia Plant based. Quem pode participar conheceu de perto o portfólio da nossa marca, focado em lábios e feito com fórmulas que unem tecnologia a ativos naturais para uma performance satisfatória. Aproveitando a presença da nossa fundadora, a farmacêutica Raquel Goldman, para entender como usar e aplicar cada um dos produtos e, assim, criar uma rotina de cuidados completa para os seus lábios, que têm uma pele bem mais delicada do que o restante do rosto e merecem, sim, atenção especial.

E, importante saber, nossa visão do conceito natural vai além da composição dos produtos – diante da nossa preocupação com a produção de lixo e resíduos,  os folders da Labot, que hoje são feitos com material reciclado. Caso você não queira levar papel para casa, você poderá escanear o QR Code para baixar todo conteúdo no formato digital. De quebra, vocês ganharam um desconto para conhecer melhor os nossos produtos e ficar com lábios incríveis sem agredir o meio-ambiente, os animais e a sua saúde. Agradecemos a presença de todos!! ?

 

 

 

Publicado em Deixe um comentário

Labot na mídia

 Revista O2 – Abril/17

Lipx Solaire Lipbutter_ FPS 15/UVA 9 como sugestão de Protetor labial com filtro solar, para praticantes de esportes outdoor, como corridas, caminhadas. Ele é bem sequinho e protege contra os raios UVA e UVB. Rico em ativos vegetais, hidrata enquanto protege seus lábios. Já na nova embalagem.

Revista Boa Forma – Março/18

Na nova embalagem, nosso Lipx Polish Lipbutter, suave esfoliante, com betahidroxiácido e manteiga de karité. Remove as células mortas e deixa os lábios macios, preparados e prontos, para seu batom preferido. Esta suave esfoliação também ajuda na eficácia do hidratante labial. Ele é macio, sem partículas e é para ser usado à noite ao deitar. Ele trabalha enquanto você dorme!!

Portal Cosmetic Innovation – Março/2018

O Portal Cosmetic Innovation conta com uma equipe de profissionais com vasta experiência no mercado cosmético, tem como objetivo primordial garantir elevados níveis de conteúdo técnico e mercadológico visando o desenvolvimento do setor de HPPC. Sabemos que a antecipação e diferenciação são os fatores de sucesso das organizações empresariais e é neste princípio que o Cosmetic Innovation executa os seus projetos, proporcionando ao mercado o melhor conteúdo, sempre alinhado com os objetivos empresariais de nossos, leitores, anunciantes e parceiros.

Chega ao mercado a Linha LIPX, dermocosméticos labiais, de origem vegetal

Já na nova embalagem, que é feita no brasil, de plástico que pode ser reciclado. Contribuindo para economia local, uma vez que elas são produzidas no Brasil, e para o meio ambiente. Retiramos a caixinha, gerando 1 lixo a menos!

Na revista Estilo – Nov/17

Ainda na embalagem antiga, nosso Lipx Polish Lipbutter, suave esfoliante, com betahidroxiácido e manteiga de karité. Remove as células mortas e deixa os lábios macios, preparados e prontos, para seu batom preferido. Esta suave esfoliação também ajuda na eficácia do hidratante labial.

Já na nova embalagem, que é feita no brasil, de plástico que pode ser reciclado. Contribuindo para economia local, uma vez que elas são produzidas no Brasil, e para o meio ambiente. Retiramos a caixinha, gerando 1 lixo a menos!

Review Slow Living – 2017

Review é uma empresa de comunicação, consultoria e ensino que tem como essência a busca por mais tempo e liberdade para viver e trabalhar com o que realmente importa. Acreditamos na transformação pessoal através do slow livinge em empreender com o slow living para transformar. Para negócios movidos pela prosperidade e pelo propósito.