Publicado em 4 comentários

Porque os lábios ficam ressecados?

Os lábios são uma zona de transição entre a pele facial e a mucosa bucal.

Possuem uma epiderme com camada de queratina, mais fina que a da face, o que permite mostrar a derme vascularizada, responsável por sua coloração avermelhada.

Não tem glândulas sebáceas e sudoríparas, características que confere baixa proteção à perda de água.

Como a pele dos lábios esta mais exposta ás influencias do ambiente como sol, ventos, frio e umidade, ela merece cuidados especiais, pois condições resultam em desidratação e em resposta os lábios ficam ásperos e secos, lesionando-se facilmente e podem formar crostas.

O problema labial mais comum são as fissuras ou rachaduras da fina camada de queratina e geralmente suas causas são: desidratação, passar saliva nos lábios, exposição aos raios UV.

Respirar pela boca  (devido a várias razões), ingerir pouca água ou perda excessiva de água pelo corpo, mais comum em ambientes secos, também ocorre em clima frio, devido aos aquecedores, resulta na desidratação e consequente ressecamento.

Outra causa comum do ressecamento é passar frequentemente a saliva nos lábios, removendo a camada natural de proteção, resultando rachaduras na superfície dos lábios.

A exposição excessiva aos raios UV é mais uma causa do ressecamento. Eles danificam a pele e esta pode queimar e descamar como a pele das outras regiões do corpo. A descamação continua até que todas as células que foram danificadas sejam substituídas pelas novas. Por isso a importância de usar o esfoliante labial noturno para remover as escamas soltas.

Uma vez que a pele foi danificada, perde a umidade natural, fica menos flexível, ou elástica, como resultado, rachaduras doloridas.

O uso das máscaras que ao sair de casa tornou-se parte de nossa rotina. No entanto, o calor e a umidade, em conjunto com a fricção da máscara, podem irritar a fina camada labial e acabar causando o ressecamento e rachaduras.

Entendendo melhor tudo isso, desenvolvemos produtos específicos de lipbalms de cuidados para sua rotina LABIAL, a Linha LIPX.

Aproveitando o melhor que os ingredientes naturais podem oferecer, com atenção a toda cadeia produtiva, dos insumos até a embalagem ( Selo EURECICLO). Os Lipbalms o testados dermatologicamente, veganos e cruelty free certificados pela PETA  . #cosmeticosveganos

Para serem usados em conjunto ou separadamente, melhorando rapidamente a pele da região e evitando as dores e incômodos dos lábios com rachaduras.

LIPX VEGOJELLY- geleia labial natural e vegana, hidratante e antioxidante, com refrescante sabor de menta, natural e não pegajosa.

LIPX SOLAIRE LIPBUTTER_FPS 15/UVA9 – Protetor solar labial com filtro solar físico, mineral,  vegano.

-LIPX POLISH LIPBUTTER_NOITE – Suave esfoliante com beta hidroxiácido e manteigas, hidratantes, de uso noturno, remove as céluals mortas e deixa os lábios macios e lisinhos. Ganhou selo vegano e cruelty free da PETA.

LIPX SALVE HIDRATANTE- balm labial com jojoba e extrato natural de baunilha, hidrata e conforta os lábios ressecados. Mantém a hidratação ao longo do dia. É um cuidado carinhoso com os lábios rachados

GREEN LIPX HIDRATANTE E REFRESCANTE – balm labial, muito cremoso, com chá verde para lábios ressecados e doloridos, hidrata e tem efeito analgésico do óleo essencial de menta e gostinho de chá!

Montamos Kits de rotina labial com preços especiais que você pode se dar de presente ou dar aquela pessoa querida!! Vem ver! #presentesdenatal

Publicado em Deixe um comentário

Chegando o Inverno precisamos tomar água!

Quando chega o inverno é natural esquecermos de tomar água porque muda o clima e a sensação de sede diminui muito. Mas a hidratação é tão importante quanto nas outras estações. Água ajuda a hidratar a pele de dentro para fora, inclusive os lábios e ajuda muito a fortalecer nosso sistema imunológico também. #hidratacaodapele

Uma alternativa interessante para quem tem dificuldade de tomar água nos dias mais frios é potencializar essas águas com sabores, aromas, e compostos bioativos, porque ficará rica em nutrientes.

Como produtora de orgânicos e ervas noto uma variedade muito grande de ervas que podem ser inseridas em nossas infusões. Infusão não é só com água quente, podemos fazer também com água gelada.

Vou compartilhar com vocês algumas dicas de como aromatizar água e deixá-la mais atrativa ao nosso paladar nessa época fria e confortar até nos dias mais frios.

Dica 1:

Vamos precisar de ramos de lavandas (colho a lavanda com talo, flores e folhas) e ramos de hortelã (aqui pode ser qualquer hortelã, o comum, o hortelã pimenta, a menta, e o hortelã bicolor como da nossa foto), e rodelas de limão.

É muito simples: para cada jarro de água colocamos 2 ramos de hortelã e 2 ramos de lavandas. Aguarde por no mínimo duas horas. Se puder ser de um dia para o outro o resultado é a aromatização ainda mais intensa e saborosa.

Dica 2:

Vamos deixar nossa infusão colorida. Precisamos de 3 ramos de lavandas, 4 flores de clitória (feijão borboleta) e meio limão. Fervemos 2 xícaras de chá de água e jogamos as clitorias. Assim que ficar a coloração azul (essa flor solta um pigmento azul lindo!) esprememos meio limão na água e essa água ficará rosada. Acrescente as lavandas e leve à geladeira por no mínimo 3 horas. Pode servir. Se quiser pode acrescentar mel. Eu gosto de tomar sentindo o gosto do azedinho mesmo. Hummmm

Dica 3:

Vamos precisar de flores de hibisco (na verdade não é a flor, é o cálice floral). Fervemos 2 xícaras de água e jogamos 3 cálices florais do hibisco . Aos poucos a água vai ficar vermelha. Acrescente 2 ramos de manjericão e leve à geladeira por no mínimo 4 horas. Fica azedinho e rico em compostos antioxidantes.

Dica 4:

Podemos aromatizar a água com alecrim e hortelã também. Use para cada jarra de 500 ml 2 ramos de alecrim e 3 ramos de hortelã.

E, ainda use folhas de canela frescas apenas (fica bom demais!)

Dica 5:

Podemos fazer gelo com flores. Escolha algumas opções de flores comestíveis (gosto de usar Flor de Mel, Rosas, Verbenas) e ervas (gosto de usar tomilho e alecrim).

Pegue uma bandejinha de fazer gelo e água filtrada. Coloque as flores e ervas na forma e em seguida venha com a água. Leve ao congelador até virar gelo. Fica lindo para servir também!

Como sempre digo, as ervas têm antídotos naturais, pois são ricas em compostos bioativos e óleos essenciais. O óleo essencial nada mais é do que a defesa da planta, ela produz esses óleos para se defender das adversidades externas. Por isso ao ingerir infusões, chás, com certeza estamos agregando vida e subsídios ao nosso sistema imunológico.

Todos os ingredientes desse post você consegue adquirir na @fazendamaria (www.fazendamaria.net)

Um lindo dia pra você.

Beijos Floridos

@deborahnafazenda

@fazendamaria

Se você gostou deste post, deve gostar deste que mostra como criar uma rotina para hidratar seus lábios de fora para dentro com nossos lipbalms naturais, veganos e sustentáveis.

Publicado em Deixe um comentário

A startup acaba de ingressar na Incubadora USP/IPEN-Cietec, para formular seus produtos em laboratório próprio instalado na entidade

Produtos passam a ser desenvolvidos na Incubadora USP/IPEN-Cietec, utilizando matérias-primas eco friendly e sustentáveis, com certificado vegano e cruelty free

Labot Green, startup do Cietec, entidade gestora da Incubadora USP/IPEN, especializada em cosméticos de cuidado labial, traz ao mercado brasileiro uma linha vegana inédita de lip balms (protetores labiais) feita com matérias-primas eco friendly e sustentáveis.

Com certificado vegano e cruelty free (ou, em português, livre de crueldade – rótulo para produtos ou atividades que não prejudicam ou matam animais em qualquer lugar do mundo), pela People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) que é maior organização de direitos dos animais do mundo.

A startup acaba de ingressar na Incubadora USP/IPEN-Cietec, para formular seus produtos em laboratório próprio instalado na entidade, utilizando toda sua estrutura, networking e conhecimentos, para aprimorar suas soluções e trabalhar na pesquisa e desenvolvimento de novos produtos.


“Formular cosméticos inovadores como os nossos, requer uma quebra de paradigmas, além de muita pesquisa e estudos para buscar alternativas naturais renováveis e de produção ambientalmente corretas, por isso a importância de estarmos dentro de um ambiente como o Cietec”, explica Raquel Boteon Goldman, CEO e fundadora da Labot Green.

De acordo com Sergio Risola, diretor-executivo do Cietec, a demanda por produtos sustentáveis e veganos está crescendo cada vez mais. “Acreditamos no potencial de mercado da Labot Green que poderá desfrutar de todos os subsídios que oferecemos para o desenvolvimento e sucesso das startups”, afirma o executivo.

Lançamentos
O Lipx Salve e Green Lipx são os lançamentos da Labot Green, formulados com bioprodutos, cera de arroz e de chá verde. Ambos fazem parte da linha Lipx, que não contém nenhum ingrediente ou subproduto de origem animal. Ricos em ingredientes de origem vegetal, muito emolientes, os lip balms contém hidratantes e antioxidantes, como óleos, manteigas, algas, ceras e ésteres vegetais. Além de hidratar os lábios, previne o ressecamento da pele e protege contra os danos solares.

Portfólio
Além do sucesso do lançamento dos novos lip balms mais emolientes e cremosos, a Labot Green acaba de reformular seu best seller, o esfoliante labial Lipx Polish Noite, com uma formulação exclusiva com cera de arroz. A marca conta ainda com um vasto portfólio para o cuidado labial, tais como: os lip balms Lipx Extra Volume, Lipx Solaire FPS 15/UVA9 – primeiro protetor solar labial mineral e vegano feito no Brasil e o Lipx Vegojelly – lip balm em formato de bisnaga.
Os produtos estão disponíveis no e-commerce da Labot Green e nos principais varejos do Brasil.

Para mais informações, acesse: http://www.labot.com.br/ .

#balms #belezavegana #cleanbeauty #plantbasedskincare #labotgreen

Publicado em Deixe um comentário

Quer aderir à tendência do gloss sem abrir mão das formulações naturais? Nós temos a solução!!

Quer aderir à tendência do gloss sem abrir mão das formulações naturais? Nós temos a solução

Já reparou que, de uns tempos para cá, várias celebridades têm adotado o gloss em suas produções, seja para aparições rotineiras ou para eventos importantes? Direto da década de 1990, o produto teve um forte revival nos últimos anos, principalmente nas passarelas das semanas de moda, e logo foi incorporado de volta à vida real e às mais diferentes maquiagens.

É bastante comum, na moda, na beleza e em outros setores, tendências irem e voltarem. E, no caso do gloss, os motivos que o fizeram voltar a protagonizar os nécessaires valem ser mencionados:

·   a versatilidade do item, que, dependendo da composição, tem sido usado em outras partes do rosto para um efeito molhado;

·   o boom das produções leves e bem fresh, com menos maquiagem e mais skincare, priorizando produtos multifuncionais de cuidado para a pele, olhos e boca;

·   depois da febre dos preenchimentos nos lábios, as pessoas têm procurado pelo efeito de volume, mas com procedimentos e truques menos invasivos. E, no caso do gloss, o viço tem esse efeito ótico de dar a impressão de lábios maiores.

Mas, como todo bom retorno, o gloss de agora tem atualizações importantes, principalmente nas formulações, bastante diferentes daquelas que usávamos em outras décadas. O que inclui, claro, uma evolução na textura dos novos produtos.

Diante de tanto sucesso, nós, da Labot Green Cosmetics, primeira marca a desenvolver uma linha exclusiva de cuidados com os lábios, não poderíamos deixar de oferecer um gloss incrível, com textura agradável e, claro, uma fórmula que vai além da entrega estética.

Por isso, apresentamos o LipX Vegojelly, à base de geleia de berries, manteiga de karité e manteiga de Monoï do Tahiti. A geleia é composta por óleo de rícino e cera de berries extraídas da casca seca das frutas, cultivadas e colhidas no Leste Asiático. Já os outros protagonistas da composição são dois ativos ultra reparadores: a manteiga de karité e a manteiga de Monoï do Tahiti. Enquanto o primeiro promove hidratação poderosa, afastando o ressecamento e devolvendo o aspecto saudável aos lábios, o segundo, misturado ao óleo de coco, tem efeito reparador, calmante e firmador.

Além do filme protetor que retém a hidratação, a cera de berries é também a responsável por dar o acabamento glow ao produto, que entrega um efeito gloss sem deixar o toque pegajoso, e refrescante, graças ao óleo essencial de menta. Tudo isso em uma fórmula 99,5 % natural, livre de petrolatos e silicones e certificada como vegana pela SVB.

Multifuncional, LipX Vegogelly pode ser inserido na rotina de cuidados de diversas formas:

·         como balm para uma hidratação reparadora;

·         depois do LipX Extra Volume, tratamento de volume;

·         por cima de qualquer batom ou do LipX Solaire para um efeito glow;

·         no make, pode ser usado para aplicação de glitter e para dar acabamento molhado às produções.

Quero já!