Publicado em Deixe um comentário

Quer aderir à tendência do gloss sem abrir mão das formulações naturais? Nós temos a solução!!

Quer aderir à tendência do gloss sem abrir mão das formulações naturais? Nós temos a solução

Já reparou que, de uns tempos para cá, várias celebridades têm adotado o gloss em suas produções, seja para aparições rotineiras ou para eventos importantes? Direto da década de 1990, o produto teve um forte revival nos últimos anos, principalmente nas passarelas das semanas de moda, e logo foi incorporado de volta à vida real e às mais diferentes maquiagens.

É bastante comum, na moda, na beleza e em outros setores, tendências irem e voltarem. E, no caso do gloss, os motivos que o fizeram voltar a protagonizar os nécessaires valem ser mencionados:

·   a versatilidade do item, que, dependendo da composição, tem sido usado em outras partes do rosto para um efeito molhado;

·   o boom das produções leves e bem fresh, com menos maquiagem e mais skincare, priorizando produtos multifuncionais de cuidado para a pele, olhos e boca;

·   depois da febre dos preenchimentos nos lábios, as pessoas têm procurado pelo efeito de volume, mas com procedimentos e truques menos invasivos. E, no caso do gloss, o viço tem esse efeito ótico de dar a impressão de lábios maiores.

Mas, como todo bom retorno, o gloss de agora tem atualizações importantes, principalmente nas formulações, bastante diferentes daquelas que usávamos em outras décadas. O que inclui, claro, uma evolução na textura dos novos produtos.

Diante de tanto sucesso, nós, da Labot Green Cosmetics, primeira marca a desenvolver uma linha exclusiva de cuidados com os lábios, não poderíamos deixar de oferecer um gloss incrível, com textura agradável e, claro, uma fórmula que vai além da entrega estética.

Por isso, apresentamos o LipX Vegojelly, à base de geleia de berries, manteiga de karité e manteiga de Monoï do Tahiti. A geleia é composta por óleo de rícino e cera de berries extraídas da casca seca das frutas, cultivadas e colhidas no Leste Asiático. Já os outros protagonistas da composição são dois ativos ultra reparadores: a manteiga de karité e a manteiga de Monoï do Tahiti. Enquanto o primeiro promove hidratação poderosa, afastando o ressecamento e devolvendo o aspecto saudável aos lábios, o segundo, misturado ao óleo de coco, tem efeito reparador, calmante e firmador.

Além do filme protetor que retém a hidratação, a cera de berries é também a responsável por dar o acabamento glow ao produto, que entrega um efeito gloss sem deixar o toque pegajoso, e refrescante, graças ao óleo essencial de menta. Tudo isso em uma fórmula 99,5 % natural, livre de petrolatos e silicones e certificada como vegana pela SVB.

Multifuncional, LipX Vegogelly pode ser inserido na rotina de cuidados de diversas formas:

·         como balm para uma hidratação reparadora;

·         depois do LipX Extra Volume, tratamento de volume;

·         por cima de qualquer batom ou do LipX Solaire para um efeito glow;

·         no make, pode ser usado para aplicação de glitter e para dar acabamento molhado às produções.

Quero já!

Publicado em Deixe um comentário

SELO EURECICLO

Estamos muito felizes em anunciar nossa nova conquista, o selo EURECICLO!  Agora além de usarmos embalagens recicláveis, podemos seguir adiante, pois a Eureciclo trabalha juntamente com diversas cooperativas de reciclagem para que elas reciclem uma quantidade de material equivalente ao que a Labot gera em volume de embalagens.E remunera a cooperativa por esse serviço e, assim, recebe um certificado de compensação ambiental que comprova o investimento em economia circular e incentiva a cadeia de reciclagem no Brasil.

“O consumo consciente e os impactos ambientais vão se tornando assuntos cada vez mais discutidos na sociedade e dentro das empresas. Os negócios precisam se adaptar e entender que possuem um papel de grande importância na discussão da sustentabilidade do planeta. O selo eureciclo vem com uma proposta sustentável, inclusiva e transparente, para mostrar que é fácil deixar um impacto positivo para seus clientes, o mercado e o mundo agora – sem deixar a sua responsabilidade para o outro ou para depois.”

As empresas de bens de consumo vendem produtos em embalagens, certo? Essas embalagens chegam aos consumidores e depois não se sabe mais para onde elas vão. Isso quer dizer que uma quantidade gigantesca de resíduos sólidos de plástico, vidro, papel ou metal estão sendo descartados no planeta e não há garantia nenhuma de que serão reciclados e retornarão para a cadeia de produção. Na verdade, visto que somente 3% do lixo que geramos hoje no Brasil é reciclado, o mais provável é que esses resíduos vão para lixões e aterros, podendo chegar a rios e mares, e ficam lá por centenas de anos se decompondo e poluindo, deixando um impacto bastante negativo para o meio ambiente.

Ao se tornar uma marca engajada, nós estamos investindo e desenvolvendo a cadeia de reciclagem no Brasil. Remunerando as cooperativas pelo serviço ambiental que elas realizam, elevando a renda e a autonomia dos cooperados, criando melhores condições de trabalho e de vida.